Há 3 formas de se atualizar o firmware do N900: através do próprio aparelho (também chamado de FOTA ou OTA…Firmware Over The Air ou Over The Air), pelo NSU (Nokia Software Update) e através de um programa chamado Flasher. Como comentado aqui.

Sempre que ocorrer uma atualização do sistema, o ideal é fazer através do próprio aparelho, para não perder nenhum dado, e tampouco nenhum programa instalado.

Usar o NSU ou o Flasher implicará em perder todos os programas instalados, pois essa forma de atualização apaga a partição onde eles (os programas) são instalados.

Vou me ater apenas ao Flasher, pois ele está disponível para todas as plataformas de computador (GNU/Linux, Mac e Windows). E também porque ele é o único que requer um pouco mais de conhecimento.

Uma observação importante: o Flasher, na versão atual (3.5) não funciona na distribuição GNU/Linux da Mandriva, versão 2010.0. Ele não consegue encontrar a porta USB! Infelizmente, é justamente essa versão que eu tenho no meu computador….então para usá-lo tive que partir para uma máquina virtual com o Windows XP.

O primeiro passo é baixar o programa. Isso é feito neste link (é preciso aceitar a licença de uso antes). Baixe o programa para a sua versão de sistema operacional.

Depois, é necessário baixar o firmware em si. Este é o link. É preciso inserir o IMEI do aparelho para ter acesso ao download (ele é obtido através do menu -> configurações -> sobre), e aceitar a licença de uso.

Aqui temos alguns detalhes a se prestar atenção! Para o firmware atual, há 3 arquivos possíveis:
1) RX-51_2009SE_2.2009.51-1.002_PR_COMBINED_002_ARM.bin
2) RX-51_2009SE_2.2009.51-1.003_PR_COMBINED_003_ARM.bin
3) RX-51_2009SE_2.2009.51-1_PR_COMBINED_MR0_ARM.bin

As diferenças REAIS entre eles eu realmente não sei dizer! Eu usei a opção 1, já que meu aparelho foi comprado nos Estados Unidos, e essa versão do firmware é para lá.

Mande salvar a imagem no mesmo lugar onde está o Flasher (ou no caso do Windows, onde ele foi instalado).

Após baixar a imagem do firmware, é hora de validar o download. Isso é feito por um processo chamado de checksum. Falando por cima, o checksum é soma de todos os bytes que determinado arquivo tem dentro dele, usando um algoritmo. Isso garante a integridade do arquivo, já que apenas um único bit alterado muda totalmente o valor obtido.

O cálculo desse número é simples. No GNU/Linux certamente já deve existir o comando instalado. Se não existir, basta instalar à partir dos repositórios da distribuição (todas, sem exceção, o terão). Esta é a linha a ser digitada, num terminal, no diretório onde o firmware estiver:

md5sum RX-51_2009SE_2.2009.51-1.002_PR_COMBINED_002_ARM.bin

No caso do Windows, basta baixar e instalar algum programa que faça o cálculo.

Para o Mac, o comando a ser utilizado é o md5. A sintaxe é igual à anterior.

Após ter o número calculado, compare-o com o que está contido no arquivo MD5SUMS, baixado do mesmo lugar onde estava o firmware, para o arquivo correspondente (no nosso caso aqui, seria o número da ante-penúltima linha).

Se os números não baterem, baixe o firmware de novo, pois certamente ele veio corrompido!

Agora temos tudo pronto para iniciar a instalação no aparelho.

Abra um terminal, no GNU/Linux ou Mac, ou prompt do DOS, no Windows, e vá até o diretório onde está o Flasher (e também o firmware). No caso do Mac, vá apenas para o diretório onde está o firmware, já que o Flasher está instalado num diretório do sistema. E digite o comando correspondente ao sistema operacional:

GNU/Linux

sudo ./flasher-3.5 -F <FIASCO image> -f -R

Mac

sudo /usr/bin/flasher-3.5 -F <FIASCO image> -f -R

Windows

flasher-3.5.exe -F <FIASCO image> -f -R

, onde <FIASCO image> é o nome do firmware.

Após algum tempinho, deverá aparecer uma mensagem dizendo que não foi encontrado um equipamento USB correspondente, e ficará aguardando.

Pegue o N900, e desligue-o. Assim que estiver desligado, abra o teclado, pressione a tecla “U” e, sem soltá-la, ligue o cabo USB no computador e no aparelho. NÃO LIGUE O N900. A imagem abaixo deverá aparecer e permanecer na tela. Muito importante notar o símbolo de conexão USB no canto superior direito.


(desculpem a foto ruim, mas é que a tela é bem escura)

Assim que a tela aparecer, pode soltar a tecla. E a instalação do firmware irá começar. Quando terminar, o N900 será reiniciado sozinho, e se tudo correu bem, em poucos segundos seu desktop estará novamente na tela!

Este processo também serve para fazer voltar à vida um N900 que esteja com problemas.

Vista 64 bits
Há um aviso de que alguns usuários relataram que é necessário iniciar o Windows de uma forma especial: assim que ligar a máquina, pressione “F8” e selecione a opção “Boot sem checagem de drivers assinados” (ou algo parecido). O resto do processo é o descrito acima.

Vista e Windows 7 (64 bits)
Utilize um live-CD do Ubuntu, que permite rodar o sistema operacional à partir do CD, sem necessidade de instalar nada no disco. Tenha em mãos (ou num pendrive) o Flasher com extensão .deb, para instalar, assim como o firmware.