Antes uma pequena explicação sobre o que são repositórios. No Windows, quando você quer instalar um programa, você vai até o site do fabricante ou algum site de downloads, baixa o arquivo, e o executa para instalar.

No Linux, e consequentemente no N900, o conceito é parecido. Porém, muito facilitado pois os sites de download possuem um formato fixo, e um aplicativo instalado no aparelho é o responsável por consultar o site, baixar os nomes e descrições dos programas lá disponíveis, e também responsável pelo seu download e sua instalação. Tudo automático, e num único lugar. E o “cara” que faz isso é o gerenciador de aplicativos. Ele também é quem verifica se há atualizações para tudo que está instalado no sistema, e também é nele que devem ser feitas as desinstalações.

Inicialmente, o aparelho conta com 3 repositórios cadastrados. Porém, um deles está desabilitado (que é exatamente o mais ativo e o que contém mais programas): o Maemo Extras.

Mas habilitá-lo é fácil! Basta abrir o gerenciador, clicar no título dele (indicado na figura abaixo, em vermelho), e clicar no repositório! Pronto! Aí é só esperar o aparelho sincronizar e os aplicativos estarão prontos para instalação!!

E incluir novos repositórios também é simples…basta seguir o mesmo procedimento, e clicar no botão “novo”.

Atualização: também pode ser interessante incluir um outro repositório, chamado de “Maemo Extras-devel”. Os programas que lá estão são todos programas em desenvolvimento, que podem (e provavelmente devem) conter bugs, e alguns podem até serem instáveis! Mas há programas interessantes só encontrados ali, como o Irreco (permite utilizar o infra-vermelho como controle remoto).

Para incluir, as informações necessárias são estas:
– nome: aquele que o usuário desejar
– endereço: http://repository.maemo.org/extras-devel
– distribuição: fremantle
– componentes: free non-free

Só vale ressaltar o aviso: os programas desse repositório estão todos em desenvolvimento!