Uma das coisas que o autor do post que comentei aqui escreveu é que queria ouvir o aparelho dizer o nome de quem está ligando. Isso realmente é interessante, por exemplo, quando você está dirigindo, ou com um fone de ouvido bluetooth longe do aparelho.

Mas para que incluir isso no firmware se é possível fazer com um programa relativamente simples? Sim….é possível!!

Infelizmente eu não tenho a capacidade técnica para tanto, pois seria necessário programar em C, coisa que eu não domino (mas que pretendo remediar algum dia).

Quer uma prova de que é relativamente simples (com os devidos conhecimentos, claro)??

Vamos lá!! A primeira coisa é ser apresentado às entranhas do GNU/Linux. Existe um serviço que sempre fica rodando, responsável pela troca de mensagens entre aplicativos. Ele se chama dbus. Os aplicativos costumam mandar mensagens pra ele, e ele dispara essas mensagens para aqueles que se cadastraram, basicamente falando.

Você pode ver isso funcionando de forma bem simples: entre via SSH no aparelho, e digite este comando: “dbus-monitor” (sem aspas). E agora comece a abrir aplicativos, faça uma chamada, envie um SMS….e verá um monte de informações aparecendo (por isso é ideal fazer via SSH….a tela do terminal no N900 é muito pequena para isso).

Então faça uma chamada para ele…e você verá que o número que está chamando vai aparecer ali!! Então basta o programa se cadastrar no dbus, esperar por aquela mensagem, pegar o número que está chamando, ir buscar nos contatos o nome, e pronunciá-lo!!

Hmmmm….pronunciá-lo? Como assim? É….existe um programa de sintetização de voz nos repositórios, prontinho para ser instalado! Procure lá pelo espeak. Ele é um programa que funciona apenas pela linha de comando. Depois de instalá-lo, você pode facilmente testá-lo, digitando isto no terminal (do próprio aparelho ou via SSH): “espeak -vpt ‘mas que baita aparelho eu tenho’” (sem as aspas duplas, mas COM as aspas simples).

Então bastaria que o programinha comentado acima executasse o espeak com o nome do contato que está chamando para que ele fosse sintetizado. Simples assim!

A opção “-vpt” indica ao programa para fazer a sintetização usando o português do Brasil. Para fazê-lo no português de Portugal, basta alterar o “pt” por “pt-pt”. Para ver todos idiomas disponíveis basta digitar este comando: “espeak –voices“….e para testar esses idiomas basta colocar o código (segunda coluna) logo depois do “-v”.

A frase a ser falada precisa estar dentro de aspas, sejam elas simples ou duplas.

Para mais informações sobre o espeak, basta visitar o site oficial.