N900_black_front_img290A luz é pequena, no canto superior esquerdo, mostrado no círculo vermelho da figura ao lado.

Originalmente, ela mostra 4 estados possíveis:
– branca: acende e apaga aproximadamente a cada 10 ou 15 segundos, apenas para indicar que o aparelho está ligado
– laranja: acende e apaga, continuamente, indicando que a bateria está sendo carregada
– azul: pisca para informar que há um novo SMS, novo email, chamada não atendida, ou qualquer coisa no estilo
– verde: fica sempre acesa para avisar que a bateria já está carregada

A definição do que deve ser mostrado é feita na seção de “configurações”, “luz de notificação”.

Mas as possibilidades dessa luz são infinitas, pois ela não se resume a apenas essas 4 cores! Na verdade, essa luz é formada por 3 leds: um vermelho, um verde e um azul. Alguém lembrou do padrão RGB?

O que determina a cor efetiva da luz é o brilho que se manda exibir em cada led. E como fazer isso? Simples…como root executar o seguinte comando, no terminal: echo 9999 > /sys/class/leds/lp5523\:r/brightness

O número 9999 significa o brilho máximo do led especificado. E o que especifica o led é aquele “r” perdido ali entre os dois pontos (“:”) e o “/brightness”. Isso significa que estamos mexendo no led vermelho (red). Para o led verde, basta colocar “g”, e para o azul, um “b”.

Aliás, talvez seja interessante uma explicação de porque tantas barras nessa linha. A barra normal (“/”) significa um diretório. Isto é, no caso, estamos acessando o arquivo “brightness” que fica no diretório “lp5523:r”, que fica no diretório “leds”, que fica no “class”, que fica no “sys”. Aquela barra invertida entre o “lp5523” e o “:r” é necessário porque o caractere dois pontos tem outras funções. Então quando queremos nos referir a ele, é necessário colocar a barra inversa para dizer que é o caractere que conta, e não a sua função!

Por exemplo, se tivéssemos um diretório contendo espaços no seu nome, como “meus documentos”, para entrar nesse diretório seria necessário digitar “meus\ documentos”, para indicar que o espaço faz parte do nome.

fonte: Maemo.org