Arquivo por categoria hardware

AutoDisconnect, de novo

Eu já tinha falado sobre ele, mas desde então houveram tantas novidades que acredito valer a pena falar de novo.

Nesta última versão houveram duas alterações substanciais: a primeira é que deixou de ser um item que fica no menu de aplicações do aparelho e passou a ser um item da seção de configuração (como dá pra ver na imagem abaixo). E a segunda foi uma nova configuração, ainda beta, mas muito interessante, que faz com que ele automaticamente mude de 3G para 2G quando não há conexão de dados aberta, para preservar bateria (é sabido que em 3G, mesmo sem conexão de dados, há um consumo maior de energia)…e claro, volte para 3G quando uma conexão é solicitada e não há disponibilidade de Wifi.


A configuração que determina após quanto tempo ele deve desconectar é um ajuste fino, que pode variar de pessoa pra pessoa. O cálculo é assim: você diz quanto tempo ele deve esperar, e qual é a taxa de transmissão mínima que deve ser considerada.

Um exemplo: configuro para 5 minutos e 32Kb/min. Portanto, se em 5 minutos foram trafegados menos do que 160Kb (32 x 5) a conexão é fechada.

Como dá pra perceber, é possível configurá-lo para que ele monitore apenas GPRS ou Wifi, assim como valores diferentes para cada um.

O programa está no repositório extras-devel.

SleepPy: para você acordar bem

Há algum tempo atrás surgiu um programa para aparelhos Symbian que prometia te acordar na melhor hora possível. Segundo estudos, a pior hora para ser acordado é naquele momento de sono profundo, também conhecido como REM.

O programa para Symbian, HappyWakeUp, usava o microfone para saber quando você se movia na cama, o que indicaria que você está num estágio mais leve de sono, e portanto, bom para ser acordado. Aí ele tocaria o alarme, mas num volume baixo e aumentando devagar.

Eu cheguei a testá-lo, e comigo não funcionou muito bem não…. 🙂

De qualquer forma, há para o N900 um programa semelhante. Só que ele não usa o microfone, mas sim o acelerômetro. Você configura o programa e coloca o aparelho na cama (óbvio…como ele vai sentir as vibrações?). E de preferência ligado na tomada, pra não acabar com a bateria, já que o acelerômetro estará o tempo todo ativo.

Ele está no repositório extras-devel.

A segunda imagem mostra em forma de gráficos o seu sono. Quanto mais clara o pedaço da barra, maior foi a “tremedeira” sentida pelo acelerômetro. Isso vai ajudar a mostrar a qualidade do seu sono, pois quanto menos você se mexe, mais descansa.

Ainda não testei o programa efetivamente. Vamos ver como se comporta amanhã!

fonte: Maemo.org

Sygic disponível na Ovi Store

Mas ainda sem comemorar muito….não tem os mapas do Brasil: há apenas mapas europeus.

De qualquer forma, já está lá! A forma de encontrá-lo é entrar na Ovi Store à partir do N900, e mandar buscar por “maps”. Ele não apareceu na minha lista de aplicações!

À partir daí é o procedimento padrão para aplicações da Ovi (se não tiver o repositório cadastrado, ele o será automaticamente, e se tiver cadastrado mas desabilitado é bom habilitá-lo antes). Lembrando que é preciso ter cadastro na loja para instalar coisas de lá.

Eu tive que mandar baixar duas vezes (na primeira ele deu erro, apenas dizendo que não foi possível fazer o download).


Os mapas disponibilizados são em versão trial (7 dias).

Agora vamos ver se a empresa cumpre o que disse quanto aos mapas brasileiros….

Atualização: a versão do programa disponibilizada na Ovi é diferente da versão vendida no site da empresa. A versão da empresa roda em tela cheia, rotaciona usando o acelerômetro e mantém o GPS ligado quando em segundo plano. Na verdade, é uma versão posterior à que aparece na Ovi.

EXIF: o motivo do N900 rotacionar as fotos

No fórum surgiu a dúvida de porque algumas imagens o N900 rotaciona automaticamente, ao invés de todas.

No Zeletron foi publicado um texto sobre uma falha de segurança do iPhone relacionada ao georeferenciamento (geotagging).

O que esses dois aspectos tem em comum? Uma sigla: EXIF. Ela significa Exchangeable image file format.

É uma especificação de como gravar determinados dados nas fotografias tiradas. As informações vão desde dados técnicos da foto (com ou sem flash, tempo de abertura, exposição, contraste, etc.) até informações sobre quem tirou a foto (o aparelho) e também as informações de georeferência.

Ali no meio existe um campo chamado orientation que diz qual parte da foto deve ser considerada como o canto superior esquerdo (ou seja, diz se a foto foi tirada no modo retrato, paisagem, de ponta-cabeça, etc.). Por exemplo, uma foto de ponta-cabeça indicará bottom right, que significa “rodapé direito”. Isso quer dizer que na verdade o rodapé direito deve ser considerado o topo esquerdo….portanto a foto deve ser rotacionada 180 graus para ser exibida no “plano original”.

Então se a foto ou imagem não possuir esse campo, o aparelho não tem como saber qual é a posição correta, e vai exibir a imagem do jeito que ela está gravada! Isso explica porque nem sempre a foto é rotacionada. Se o N900 não sabe qual é o topo esquerdo da foto, como é que ele vai rotacioná-la corretamente?

Quanto ao problema levantado no Zeletron, ele não é exclusivo do iPhone. Ele vai acontecer em todo e qualquer equipamento que grave as informações de georeferência na foto. Seja esse equipamento, com GPS, um celular ou uma máquina fotográfica.

Acredito que hoje em dia a maioria dos serviços de armazenamento online de fotos coloca automaticamente as imagens num mapa quando a informação está presente no arquivo. No Flickr, por exemplo, você pode dizer que o local onde a foto foi tirada só pode ser visto por seus contatos marcados como família. Isso impediria que qualquer um visse onde a foto foi tirada.

Pois é….impediria é o tempo verbal correto, pois se você deixa os dados EXIF disponíveis para qualquer um olhar, e a foto possui as tags de georeferência, basta olhar ali para saber exatamente onde ela foi tirada, com latitude e longitude.

Por isso, muito cuidado aonde você coloca suas fotos, pois a sua privacidade pode facilmente ir para o espaço.

Sygic com mapas do Brasil e novo firmware: quem chega primeiro?

Sinto não poder dar uma resposta concreta, mas recebi um email da Sygic, respondendo meu questionamento sobre quando lançarão os mapas brasileiros.

Dear Sir,

We are currently working on adding new maps for Maemo version, so it will have at least same coverage as Mobile maps for other platforms. Unfortunatelly I’m not able to tell you when Brazilian maps will be available, I can only tell you, that we will definitely release Brazilian maps. Hopefully it will be within a month.

Thank you for contacting support and your interest in our products!

Best regards,

Jozef Vojtko I Sygic a.s. I Technical Support I e-mail: support@sygic.com I web: www.sygic.com

Traduzindo: “Estamos atualmente trabalhando na adição de novos mapas para a versão do Maemo, assim ele terá a mesma cobertura de mapas das outras plataformas. Infelizmente não sei dizer quando os mapas do Brasil estarão disponíveis, o que posso dizer é que com certeza serão lançados. Quem sabe daqui a um mês.”

Enquanto isso, pela internet, pipocam as versões piratas do programa com os mapas tupiniquins. Já não sei dizer se é má vontade mesmo…lamentável.

Enquanto isso, na Nokia…..
– Estagiário….me traga um café!
– Mas senhor, eu ia desligar a cafeteira para poder colocar o servidor com a nova atualização do N900 no ar!
– Os usuários já esperam há bastante tempo! Não vão se importar de esperar mais um pouco! Quero meu café!

Explicando o Conky

O Conky é um utilitário inicialmente desenvolvido para computadores, mas que foi portado para o N900. Ele apresenta diversas informações em sua tela, e o objetivo deste texto é explicar o que é cada uma. Porém, vale lembrar que isso é apenas para o Conky, digamos, virgem. Ele é altamente configurável, e sua tela pode ser totalmente alterada, bastando para isso mexer no arquivo de configuração dele (/etc/conky/conky.conf). O objetivo deste post não é dar dicas de configuração, até porque são tantas opções que o melhor lugar para encontrar informações sobre isso é o site do projeto em si.


Leia mais $raquo;

N900 no Brasil: com Maemo

Muita gente deve ter pensado que o N900 que será lançado no Brasil já virá com o MeeGo. Isso foi provocado pela imagem apresentada quando do anúncio, que mostrava o N900 e ao lado estava escrito MeeGo e abaixo Maemo.

Pra mim era meio evidente que isso não poderia acontecer, por uma simples questão de tempo! Como é que um sistema operacional que ainda não existe nem em versão alpha viria num aparelho que será lançado em 2 ou 3 meses? Impossível não é….mas insano com certeza.

E hoje a Nokia soltou no Twitter um aviso para tirar qualquer dúvida.

E já prevejo novos boatos dizendo que com isso a Nokia diz que o MeeGo não será instalável no N900…

Niko, um “Lego900”

Fazer robôs de Lego é uma brincadeira que muitos levam a sério, e que tal usar o N900 para controlar o robô, e ao mesmo tempo receber ordens através de uma conta no Twitter e postar as fotos no Twitpic?

É isso que o Niko faz! Bem….fará, já que pelos posts no Twitter, ele ainda não estão 100% funcional.

fonte: Gizmodo

Mitos e verdades sobre o GPS

Estas explicações servem para qualquer aparelho que possua um GPS, e vou colocar na forma de perguntas e respostas. Sobre o funcionamento efetivo do sistema de GPS não vou comentar, pois há bastante literatura disponível por aí.

1- O uso do GPS é pago?
Em uma única palavra: não. É totalmente gratuito.

2- O que é A-GPS (Assisted GPS ou GPS Assistido)?
É um auxiliar para a localização dos satélites e também da posição. Todo celular pode ter a sua localização conhecida através das torres de telefonia. Claro que essa localização não é precisa. Mas sabendo em qual torre o celular está, é possível saber em qual região ele se encontra. E tendo essa informação, uma consulta a um servidor é feita via internet, onde esse servidor retorna quais satélites estão posicionados naquele local, naquele momento. Dessa forma o GPS não precisa esperar encontrar algum sinal de satélite, mas pode procurar por um sinal específico, deixando o processo mais rápido.

Aqui é que ocorrem confusões: o acesso a internet é pago. Por isso muitos podem pensar que o uso do GPS também é pago, pois o A-GPS precisa de uma conexão para funcionar. Só que A-GPS é uma coisa, e GPS é outra. O primeiro complementa o segundo, mas o segundo não depende do primeiro.

3- Posso usar o GPS sem conexão de dados?
Sim. O problema disso é que a localização inicial pode acabar se tornando muito demorada, pois não existe a informação de quais satélites estão na região, então o aparelho precisa procurar por todos. Dependendo de onde a pessoa estiver, pode ser impossível a localização, pois o sinal dos satélites é bem fraco, e qualquer árvore é capaz de bloqueá-lo ou desviá-lo.

4- Após ser localizado, a conexão à internet ainda é necessária?
Não. Pode fazer o teste: acione o programa de navegação que quiser, deixe que ele faça a localização, e depois desconecte-se da internet (e para impedir que o aparelho se conecte de novo, desligue a parte de telefonia). E vá dar uma volta ao quarteirão….o programa continuará funcionando e mostrando a sua posição.

Esse teste já desmistifica totalmente a pergunta 1…afinal, como é que você vai ser cobrado por algo que ninguém sabe que você está usando?

5- Por que nunca consigo uma localização?
Isso pode ser causado por diversos motivos, desde mal funcionamento do aparelho até simplesmente não ser possível a localização onde você está. Pense só: não há lugares em que você simplesmente não tem sinal de celular? Então como esperar que o sinal de um satélite, que é absurdamente mais fraco, chegue nesse lugar?

O lugar ideal para fazer uma localização é ao ar livre, sem árvores, sem prédios, sem nenhuma construção por perto, sem fontes de eletromagnetismo (cabos de transmissão de energia, por exemplo), e com o céu limpo (sem nuvens). Claro que isso é o ideal….mas é perfeitamente possível conseguir dentro de casa, por exemplo.

Este texto pode sofrer alterações, e posteriormente será utilizado para um FAQ.

Mais um capítulo da novela Sygic

Segundo algumas mensagens no tópico sobre o programa no fórum do Maemo.org, algumas pessoas conseguiram comprar o programa no site da própria empresa. Mas muitos estão com problemas para acessá-lo…inclusive eu nas tentativas que fiz.

Será que finalmente caiu a ficha da Sygic, e cansou de esperar pela solução da Nokia que nunca vem?

De qualquer forma, não há lá muitos motivos para os brasileiros comemorarem. Nas poucas vezes que consegui entrar no site, só apareceu para venda a opção “Europa”. Cheguei até o passo onde pedem os dados do comprador e da forma de pagamento. Infelizmente, não trabalham com o Paypal…só cartão de crédito.

E o download tem 1.810MB….quase 2 gigas!