Arquivo por categoria bateria

Carregador solar para o N900

Interessado?? O preço: € 12.99. O frete? Grátis. O local? Aqui.

Agora voltemos para a realidade. Não há especificações técnicas. Apenas uma resposta a um questionamento de um possível cliente dizendo que o aparelho conta com uma bateria interna, e que o carregador na verdade faz a carga dessa bateria, que fornece a energia para o N900 quando ele é conectado.

Na verdade o recarregador solar não é apenas para N900. Deve ser para todo e qualquer aparelho que tenha um plugue micro-USB para recarga…e pela foto talvez outros plugues também sejam aceitos.

Esse site na verdade vende uma diversa gama de produtos para o N900, como canetas, carregadores, e até itens de hardware, como o falante do telefone.

Porém, eu não garanto a confiabilidade dele!

AutoDisconnect, de novo

Eu já tinha falado sobre ele, mas desde então houveram tantas novidades que acredito valer a pena falar de novo.

Nesta última versão houveram duas alterações substanciais: a primeira é que deixou de ser um item que fica no menu de aplicações do aparelho e passou a ser um item da seção de configuração (como dá pra ver na imagem abaixo). E a segunda foi uma nova configuração, ainda beta, mas muito interessante, que faz com que ele automaticamente mude de 3G para 2G quando não há conexão de dados aberta, para preservar bateria (é sabido que em 3G, mesmo sem conexão de dados, há um consumo maior de energia)…e claro, volte para 3G quando uma conexão é solicitada e não há disponibilidade de Wifi.


A configuração que determina após quanto tempo ele deve desconectar é um ajuste fino, que pode variar de pessoa pra pessoa. O cálculo é assim: você diz quanto tempo ele deve esperar, e qual é a taxa de transmissão mínima que deve ser considerada.

Um exemplo: configuro para 5 minutos e 32Kb/min. Portanto, se em 5 minutos foram trafegados menos do que 160Kb (32 x 5) a conexão é fechada.

Como dá pra perceber, é possível configurá-lo para que ele monitore apenas GPRS ou Wifi, assim como valores diferentes para cada um.

O programa está no repositório extras-devel.

O N900 numa viagem

Eu aproveitei este feriadão de carnaval para viajar. Na verdade não foi no feriadão todo pois voltei no domingo. Fui até Foz do Iguaçu, e aproveitei para testar o N900 em algumas coisas.

A primeira foi o Ovi Maps. Fora o detalhe de, às vezes, eu estar no meio do nada, totalmente fora de qualquer estrada, ele se comportou bem. Não capotou nenhuma vez, traçou as rotas que pedi direitinho (só se perdeu, como disse, na estrada….mas não comprometeu pois não haviam muitas opções nesses lugares: era seguir em frente ou retornar).

Mas a ausência do recálculo automático da rota e da navegação por voz foi sentida. E bastante! Por umas 3 ou 4 vezes eu peguei a saída errada ou virei na rua que não devia porque, obviamente, não podia ficar olhando pro aparelho. Então quando podia olhar, percebia que tinha ido pro lado errado. E sem o recálculo me sobrava parar o carro e pedir pra traçar a rota novamente, ou tentar voltar para a rota previamente traçada.

Leia mais $raquo;

Mais energia pro N900?

Se quiser, já tem uma empresa vendendo uma bateria de 2400mAh (para comparar, a original do aparelho possui 1320mAh).

Mas é claro que há alguns poréns….em algum lugar essa energia extra deve ser guardada! Por isso a bateria é mais gorda (já que maior não poderia ser senão não caberia no compartimento). E por ser mais gorda, é necessária uma nova “contra-capa”. E obviamente também deve ter pelo menos o dobro do peso da bateria atual….ou seja, pode acabar transformando o N900 numa boa arma também (pra que uma pedra? Jogue o aparelho mesmo)!

fonte: Mugen Power, via NokiAAddict

Consumo da bateria

Que a bateria do N900 não é lá essas coisas é mais ou menos como dizer que vai chover em São Paulo no final da tarde.

Mas eu tive alguns problemas mais sérios com ela alguns dias. Já aconteceu umas 3 ou 4 de vezes de deixar o aparelho carregando durante a noite, tirar da tomada de manhã, e no meio da tarde, praticamente sem uso nenhum, ter que carregar de novo pois já estava no vermelho.

Carregava, voltava pra casa, e pouco antes de dormir a bateria já estava no fim de novo. Reiniciar o aparelho resolvia o problema. Mas como há um problema, vamos tentar descobrir qual é.

Eu já tinha o applet que mostra o uso de CPU instalado, mas ele não estava mostrando um uso fora do normal. Então parti para o comando top do terminal, para ver se algum processo em especial era o bandido. Nada.

Aí descobri um outro programinha, o powertop. Ele estava instalado na versão anterior do firmware, mas foi removido da atual, sabe-se lá porque. Ele também não está disponível nos repositórios. É necessário baixá-lo separadamente, e copiar pra algum lugar do aparelho. Eu o coloquei no diretório “/opt” (é obrigatório que fique em algum lugar particionado como “ext3″…dentro do “MyDocs” ele não vai rodar). Também é necessário dar permissão de execução para o arquivo (“chmod +x powertop”).

Leia mais $raquo;

Tags: ,

Aparelho desligando sozinho

Esse é um problema que muita gente está reclamando, e aconteceu comigo nestes dias. Eu tive que viajar, a trabalho, e no lugar em que estava faltavam tomadas (por incrível que pareça), então tive que usar o computador para carregar o N900. O problema disso é que carregar por USB é lento….muito lento! Se ligado na tomada em cerca de 40, 50 minutos a bateria está cheia, pelo USB o processo leva horas (e se usar o aparelho então é capaz que nem carregue).

E a bateria dele estava zerada!! Então coloquei o cabo, e liguei o aparelho. Depois de um tempo ele desligou sozinho. Estranhei….tentei ligar de novo, e não ligava! Deixei um tempinho carregando, e tentei outra vez. Ligou….mas um tempinho depois, ele reiniciou sozinho.

Já comecei a pensar que talvez o problema que todos reclamam tivesse começado…..mas não. É apenas uma segurança no próprio aparelho que, quando a bateria está com nível muito baixo, ele não liga, ou se desliga, pois com bateria de íon-lítio (caso do N900) se toda a carga for utilizada, ela pode ser danificada.

Rádio FM

Comentei aqui sobre alguns problemas com o programa de rádio, no qual a recepção estava bem ruim.

Bem….foi lançada uma nova versão, a 2009.12.13, que instalei, porém não testei. Acabei de fazer o teste e, além da recepção estar muito melhor, uma outra coisa me chamou a atenção, que dá pra perceber na imagem abaixo.

O texto “depois de um rock sempre vem outro rock” não fui eu que coloquei!! Assim como o “FM* KISS” do rodapé. Isso chama-se RDS, ou Radio Data System, que é um sistema de transmissão digital de dados. Qualquer emissora que já faça transmissões digitais pode utilizar esse sistema e enviar junto informações que o receptor pode exibir. Essa emissora que está sintonizada, por exemplo, costuma enviar o nome da música e da banda que está tocando no momento.

O que isso significa?? Significa que o receptor FM do N900 não é um qualquer não! Pena só que o bluetooth tenha que ser ativado para que o rádio funcione…a bateria agradeceria se não fosse obrigatório.

Só pra constar, o “Kiss FM”, em verde, é o nome que eu coloquei para a estação, ao salvá-la no aparelho.

Tags:

A bateria

Pelo menos nesta primeira versão, a bateria parece ser um grande gargalo no aparelho. Não passa um dia sem que eu tenha que recarregá-la pra não correr o risco de ficar na mão.

E algumas coisas ainda contribuem para drenar mais ainda a pouca energia dela: a falta de atenção! Pois é….eu coloquei no desktop que considero principal alguns atalhos e widgets. Um desses widgets é o do transmissor de FM (o que está ao lado inferior direito).

E hoje de manhã, depois do aparelho ter passado quase que a noite inteira ligado na tomada, fui ver um SMS, e antes de bloquear o aparelho passei o dedo, sem querer, nesse widget….ligando o transmissor!

O resultado foi que lá pelas 2 da tarde eu olhei pro indicador de bateria e ele já estava no amarelo. Lá vamos nós para mais uma carga…..depois de desligar o transmissor, claro. E também removê-lo da tela principal, já que não é algo que será assim tão utilizado a ponto de precisar um atalho ali.

Algumas providências eu já tomei para poupar o máximo de energia possível, como deixar o bluetooth sempre desativado, e também não deixar que ele procure automaticamente por uma rede de dados disponível (seja a rede da operadora, seja wi-fi).

Comprei no eBay um recarregador veicular pra ele, e espero que não demore muito pra chegar. Pelo anúncio, é original e novo. Acho que vale o risco pela diferença de preço: aqui no Brasil esse recarregador custa cerca de R$60,00 em lojas online….lá está US$12,00, sem cobrança de frete. Mesmo que queiram cobrar o imposto de importação, ainda sai mais barato que comprar aqui.

Primeiras impressões

Depois de alguns dias usando o aparelho, há algumas coisas que podem ser ditas sem medo de errar:
- não é um aparelho para usuários leigos, que queiram ter tudo na mão de forma fácil! Invariavelmente, em algum momento, você será obrigado a entrar no terminal, como em qualquer distribuição GNU/Linux
- há um problema crônico de bateria. Definitivamente, me parece que a Nokia não consegue acertar na bateria dos seus aparelhos top de linha (alguém lembra do N95 prata? Ou da primeira versão do firmware do N97?)
- a tela às vezes não reconhece onde você efetivamente colocou o dedo
- os aplicativos disponíveis para ele ainda são poucos

Mas o principal, que parece que muita gente não consegue entender: ele não é um celular! Se você procura por um aparelho que tenha muitas funções de telefonia, como agrupar contatos, colocar toques diferentes em cada contato/grupo, ou ainda a possibilidade de utilizar o aparelho tanto em modo retrato (em pé) como paisagem (deitado), esqueça-o!! Pelo menos por enquanto.

Há coisas que precisam ser melhoradas nele, como por exemplo poder organizar os ícones do menu principal em grupos, ou ordená-los alfabeticamente. Também melhorar a resposta ao toque dos dedos (comentado acima).

E até um bug eu já encontrei (pelo menos no meu aparelho): ao ligar o cabo USB para fazer a recarga da bateria, se o aparelho estiver com a tela desligada, nada acontecerá! É necessário mandar exibir a tela, e só então colocar o cabo. Isso acontece pois, pelo que andei lendo, parece que a recarga da bateria é feita por software!! E devem ter esquecido de deixar esse software ativo quando o aparelho estiver com a tela apagada….

Apesar dessas ressalvas, o N900 é um senhor aparelho!! E eu tenho quase certeza de que em cerca de 2 ou 3 atualizações de firmware ele chegará quase à perfeição. E também acredito que muitas das deficiências dele poderão ser sanadas por softwares de terceiros.

Algumas coisas são realmente impressionantes, como a configuração do aparelho na rede de telefonia. Normalmente, quando você coloca um chip num celular, começam a vir algumas mensagens da operadora com informações sobre conexão à internet, acesso WAP, envio de MMS….pois bem, ao colocar o chip da Vivo no meu, não veio NENHUMA mensagem, e tudo já estava automaticamente configurado. Com o aparelho do Lito e chip da TIM foi a mesma coisa. Exceto, óbvio, a parte do MMS, que deve vir apenas no próximo firmware.

Eu só tive um susto com o chip da Vivo, no qual o telefone não entrava na rede 3G. O problema era apenas de configuração do N900, que estava para usar somente a rede GSM.

A qualidade das chamadas que fiz até agora foi satisfatória. Só os falantes dele que não são muito potentes! Parece que os falantes do N95 “gritam” muito mais. Mas isso também pode ser apenas uma questão de atualização.

A navegação na internet por ele é muito interessante. Ele só peca, claro, pelo tamanho! É um pouco difícil clicar num link numa tela do tamanho da dele. Mas todos os sites visitados até agora foram mostrados perfeitamente, e fiz testes entrando no internet banking do Bradesco e do Itaú, assim como no serviço de notas fiscais eletrônicas da Prefeitura de São Paulo (que nem no Firefox do Linux entra direito), e foi tudo quase perfeito: só o site da Prefeitura criou problemas ao digitar meu CPF, pois o script que faria a formatação dele não funcionou…então tive que colocar a pontuação “na mão”.

As mudanças de telas são suaves, sem solavancos, demonstrando o poder do processador e do chip gráfico.

Sobre o GPS e programas que o usam, vale a pena fazer outro post.

Lista de aplicativos úteis

Esta é uma pequena lista de alguns aplicativos que instalei, e que achei muito úteis:

load-applet: ele cria um ícone na área de status, mostrando a carga da memória e também da CPU, assim como permite também criar screenshots e screencasts. Na verdade, os screencasts não estão funcionando ou eu que não estou sabendo fazê-los (círculo verde da imagem 1 e retângulo vermelho da imagem 2).

Simple Brightness Applet: permite alterar o brilho da tela de forma rápida e fácil, assim como deixá-la sempre acesa (retângulo verde da imagem 2).

Simple FMTX desktop widget: para habilitar/desabilitar o transmissor FM direto do desktop (retângulo verde da imagem 1).

rootsh: permite usar o terminal como root, de forma mais segura.

FM Radio Player: como o nome diz, o aplicativo que comentei aqui. Apesar que nos testes que fiz a recepção ficou bem ruim.

imagem 1

imagem 2

Tags: